CATEGORIAS

NOTÍCIAS:
09/05/2016
Cuidados com a saúde bucal infantil devem começar no primeiro ano de vida

Incentivar os pequenos a adotar hábitos saudáveis é um dos desafios da maternidade. E quando o assunto é saúde bucal, os cuidados devem começar na rotina dos filhos ainda no primeiro ano de vida, com atitudes preventivas que vão muito além da escovação. Os especialistas alertam, inclusive, que os cuidados com a higiene bucal podem começar antes mesmo da erupção dos dentes.

 

De acordo com recomendação da Associação Brasileira de Odontopediatria (ABO), a primeira visita ao dentista deve ocorrer perto do primeiro aniversário da criança. No consultório, o profissional de odontologia poderá orientar sobre a escolha da escova correta para cada faixa etária, como deve ser feita a escovação e acompanhar o desenvolvimento dos dentes.

 

“Após a amamentação ou uso da mamadeira, a mãe deve limpar a gengiva do bebê com um pano umedecido em soro fisiológico ou água limpa. A escovação pode ser introduzida a partir do primeiro dente, com uma escova de dentes infantil de cerdas bem macias e pasta de dente sem flúor”, explica a dentista Andrea Figueiredo, superintendente executiva da SulAmérica Odonto.

 

A alimentação da criança também deve ser observada de perto pelos responsáveis. consumo exagerado de açúcar, aliado a uma higiene bucal deficiente, pode propiciar o surgimento de cáries, periodontite (gengivite mais severa) e, em casos mais graves, até perda de dentes. “Manter os cuidados com a boca desde cedo faz com que a criança dificilmente esqueça os conceitos básicos da higiene bucal e carregue a importância desse cuidado para a vida adulta”, finaliza.

 

Fonte: Casa saudável: http://blogs.ne10.uol.com.br/casasaudavel/2016/05/09/cuidados-com-a-saude-bucal-infantil-devem-comecar-ainda-no-primeiro-ano-de-vida/

Postado às 19:13
03/05/2016
Chave para manter a saúde e emagrecer pode estar no sono

Estudos revelam que existe uma correlação muito forte entre dormir bem e perder peso.


É extramente importante dormir bem e suficiente, porque é quando se dorme que os hormônios se segregam e regulam o controle do apetite, o estresse, o crescimento e o funcionamento do metabolismo.

 

Vital para a saúde do corpo e da mente, o sono é ainda essencial para manter a produtividade e a atenção, bem como para garantir a segurança dos indivíduos, uma vez que uma pessoa com sono pode ser um perigo para a pessoa e para os outros (especialmente se conduz).

 

Se precisa de mais incentivos para se começar a deitar cedo e tentar dormir melhor, conheça os principais benefícios de dormir bem e o suficiente:

 

1. Aumenta a energia, ajudando-o a tomar decisões mais acertadas no trabalho e na vida pessoal;

 

2. Fortalece o sistema imunológico, prevenindo o aparecimento de doenças uma vez que reforça a resistência do corpo;

 

3. Ajuda-o a estar mais alerta, mais concentrado e a manter a criatividade;

 

4. Melhora o humor;

 

5. Reduz a ansiedade, irritabilidade e cansaço mental;

 

6. Aumenta a líbido.

 

Fonte: Notícias ao minuto. 

Postado às 13:42
25/04/2016
Café reduz o risco de câncer de endométrio

Beber pelo menos quatro xícaras de café diariamente reduz em 22% o risco de câncer no endométrio ou do corpo do útero. A conclusão é de um estudo apresentado durante o encontro anual da Sociedade Americana de Pesquisa sobre o Câncer (The American Association for Cancer Research, AACR).

 

Pesquisadores de Harvard revisaram 19 estudos já publicados, envolvendo 40.000 mulheres, das quais 12.000 tinham sido diagnosticadas com câncer de endométrio. As demais eram saudáveis e foram usadas como controle. As informações são do site especializado Live Science.

 

Os resultados mostraram que tomar café regularmente reduz o risco de desenvolvimento do tumor. As participantes que ingeriam de duas a três xícaras da bebida por dia tinham um risco 7% menor do que aquelas que não bebiam nenhuma. Já naquelas que tomavam quatro xícaras ou mais, houve uma redução de 22% no risco.

 

No entanto, esse efeito protetor do café só foi observado em participantes com sobrepeso ou obesas, que já têm um risco aumentado para a doença. Embora não possam afirmam se a cafeína desempenha um papel na diminuição do risco, já que nem todos os estudos analisados perguntavam se o café ingerido era normal ou descafeinado, Marta Crous-Bou, principal autora da revisão, afirma que naqueles em que havia essa especificação, somente a versão com cafeína reduziu o risco da doença.

 

Em relação às possíveis razões para este efeito benéfico do café, Marta acredita que ele se deva à ação de certos compostos da bebida na redução dos níveis de estrogênio e insulina. Estudos anteriores já relacionaram os dois hormônios a um aumento na probabilidade de desenvolvimento de câncer de endométrio.

 

Câncer de endométrio - O câncer de endométrio é um tumor que acomete, como o nome diz, o endométrio, um tecido altamente vascularizado que reveste a parede interna do útero. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca) este é o sexto tipo de câncer mais frequente entre as mulheres. Os principais fatores de risco para este tipo de tumor são menstruação precoce, menopausa tardia, terapia de reposição hormonal, obesidade e a idade - 85% dos casos apresentam-se em mulheres acima dos 50 anos.

 

Fonte: Veja online

Postado às 13:56
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10